Falando sobre babás…

Falando sobre babás

imager.php
Babás- Ter ou Não ter?

Oi gente, tudo bem?

Hoje resolvi passar aqui e contar para vcs um fato que eu presenciei no final de semana em um shopping aqui no Rio de Janeiro. Eu tinha acabado de almoçar em um restaurante no Rio Design Barra e saí do restaurante pq o Théo queria ir na lojinha de brinquedos. Enquanto fui lá com ele, vi uma mulher saindo do banheiro indignada com uma babá. Falou de criança, as minhas orelhas ficam logo em pé. Fiquei prestando atenção no que a mulher falava com seu marido e então escutei ela dizendo: “Tem uma babá maltratando uma criança dentro do banheiro”. Na mesma hora fui conferir de perto se era verdade e ao entrar no banheiro presenciai uma outra mulher falando poucas e boas para a babá que estava dentro da cabine do banheiro com uma menina de mais ou menos 2 anos e meio. Foi então que outras mulheres que presenciaram os maus tratos chamaram o segurança do shopping para que ele levasse a babá com a criança até os pais. Os pais estavam no shopping passeando. Saiu aquela romaria do banheiro junto ao segurança para procurar os pais da criança. Nessa parte eu voltei para o restaurante e nem quis mais saber pq esses assuntos me deixam um tanto chateada e já tinha muita gente na defesa da criança. Enfim, depois de muito tempo depois do ocorrido, encontrei uma das mulheres que acusavam a babá dos maus tratos e então perguntei: “O que houve com a babá? “Como foi o fim dessa história?” Acreditem se quiser, não deu em nada. Depois que encontraram a mãe da menina, a própria nem quis saber o que havia acontecido e simplesmente disse: “Não quero saber o que vcs têm a me dizer, pois dou total liberdade para a babá fazer o que ela quiser com a minha filha.” Oi? Que mundo estamos?Pais que não se interessam mais pelo tratamento que é dado aos seus filhos? Acho que a questão de ter ou não babá ainda é bem polêmica e muitas mães têm diferentes pontos de vistas sobre o assunto. O problema é que hoje em dia muitas mulheres precisam voltar para o trabalho e com quem deixar os filhos? Nem todas as mulheres moram perto dos pais ou de alguma tia bacana. A dificuldade por encontrar pessoas de confiança só cresce e por conta disso o serviço acaba se tornando caro. É a lei da oferta e da procura, né? As pessoas sempre me perguntam se eu tenho babá que me ajude com as crianças. Sim, eu tenho. Tenho uma pessoa que já está comigo a 5 anos e que me ajudava antes com os afazeres domésticos. Achei bacana dar oportunidade para uma pessoa que já conhecia, que já conhecia a rotina da minha casa. E hoje ela me ajuda sim, mas não dá educação e nem o amor que meus filhos precisam. Amor e atenção de pai e mãe é insubstituível. Mesmo com toda a confiança é importante termos sempre atenção. Nunca ninguém vai amar os nossos filhos como nós e aí está a grande diferença. Enfim, acho que esse post serve como uma forma de alerta aos pais que muitas vezes dependem de pessoas para tocarem as suas vidas. A vida dos nossos filhos estão em primeiro lugar e é na infância que eles precisam de mais atenção pois estão formando suas personalidades. Um trauma sofrido na infância repercute por toda uma vida. Pensem nisso! E tratem sempre bem as pessoas que estão diariamente com vcs em suas casas. Uma boa relação começa quando se trata o outro como um ser humano, como um amigo, como uma pessoa que está ali pra te ajudar.

 Fiz um vídeo no meu canal do You tube explicando como foi o processo de escolha da pessoa que me ajuda diariamente com o Eduardo e Théo.

Vejam só:

Ah, não deixem de me acompanhar no meu canal no You Tube/ Monique Leite. Se inscrevam.

XX,

Monique Leite

Escrito por

Formada em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense, trabalhou durante anos como Mídia Online em Agências de Publicidade e lá respirava internet. Se especializou no Google Analytics, Google Adwords e um belo dia resolveu mudar. Hoje é aspirante a Fotógrafa, blogueira nas horas vagas, mamãe dos gêmeos Edu e Théo e que vive a maternidade em tempo integral. É louca por moda, viagens, makeup e tudo que conspira a favor do universo feminino.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s