Gêmeos – Devo vesti-los iguais?

Oi pessoal,

Recebo muitas perguntas sobre o fato de não vestir meus gêmeos iguais e resolvi fazer um post para explicar o porquê. Antes deles nascerem eu já sabia que seriam gêmeos diferentes já que eles foram gerados em 2 placentas (bivitelinos) e que cada um tem seu próprio código genético. É como se eu tivesse gerado dois bebês de uma vez só. Bem, mesmo levando em conta que são gêmeos diferentes, acho importante tb registrar aqui o que os especialistas dizem a respeito dos gêmeos idênticos em relação as roupinhas.

Bem, impossível dizer que não acho lindo ver gêmeos no estilo “cara de um, focinho do outro” rsrs… Eu gosto bastante e acho que muita gente tb gosta. Bebezinhos iguais são as coisinhas mais fofas desse mundo. E eu já vesti Edu e Théo iguais em várias ocasiões, mas de uma forma geral, foram bem poucas perto das vezes que os coloco diferentes.

Quando meus meninos nasceram, logo notei a diferença no tom da pele, cabelo e olhos. Depois percebi tb diferença na personalidade, no jeitinho. Eduardo por ser mais branquinho ficava bem com tons mais escuros e o Théo por ter uma pele mais bronzeada com tons mais claros. Assim escolhia as cores. 🙂 No quesito estilo, sempre achei que Eduardo combinava com roupas mais ”arrumadinhas”, já Théo com as mais despojadas. Mas porquê não os vestia iguais?

Especialistas dizem que devemos vestir nossos gêmeos de formas diferentes, mesmo que eles sejam idênticos. A roupa diz muito sobre nós, mostra quem somos e como pretendemos que as pessoas nos vejam. Apesar das roupas serem consideradas uma necessidade física, elas tb imprimem identidade, seguem modas, servem de enfeite e criam tendências. Vestir gêmeos de forma igual pode ser muito mais econômico e prático mas deve-se pensar no que isso pode acarretar para essas crianças no futuro. Fala-se muito sobre a questão do desenvolvimento da personalidade, da individualidade e respeito por cada um. Não podemos achar que só pq os gêmeos foram gerados juntos que eles devem ter os mesmos gostos e preferências. Deixe eles mesmos mostrarem o que mais se encaixa com seu perfis. Vesti-los iguais o tempo inteiro é como fazê-los olhar para o espelho 24hs por dia. Legal isso? Cabe a cada um pensar no assunto, né?

Uma curiosidade: Vcs sabiam que existe o Sindicato dos Gêmeos, uma espécie de associação sem fins lucrativos que reúne duplas de irmãos das mais diversas profissões e idades? O que faz esse Sindicato? Gêmeos de todo o país tem o direito de valer a sua individualidade. Legal né? Mais sobre em www.sindicatodosgemeos.com.br

Fonte: Jornal Estadão

Mas voltando ao ponto de partida, os médicos pediatras Renata Dejtiar Waksman e Cláudio Schvartsman, autores do livro “Filhos Gêmeos”, dizem que as justificativas para vestir igual são várias: é mais fácil e mais barato para comprar, consegue-se combinar melhor com outros acessórios, pode-se lavar tudo junto, e hoje em dia é mais fácil encontrar roupas para meninos e meninas com as mesmas estampas e cores. Mas fica cada vez mais difícil para as outras pessoas os distinguirem. Haverá dificuldade maior em serem chamados pelos nomes por medo de errar e magoar e termos como: “os gêmeos, filhinhos, bebês”, começarão a aparecer. Assim, as crianças serão sempre vistas como iguais ou pequenos clones umas das outras, serão confundidas com frequência e terão dificuldade ainda maior de desenvolver suas identidades. Em algumas situações, as crianças podem até se vestir igual, por exemplo, se ganharam dos avós roupas iguais, mas algum acessório deve ser colocado para diferenciá-las, como um casaquinho ou manta.

Bem, para finalizar, resolvi colocar fotos do Edu e Théo vestidos das duas formas e gostaria de saber de vcs o que acham. As duas formas né? Mas o que isso pode implicar lá na frente é que deve prevalecer na hora de vesti-los. 😉

unnamed-8 unnamed-7

Dúvidas? Deixe um recadinho.

Um beijo e até o próximo post,

Monique Leite

Escrito por

Formada em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense, trabalhou durante anos como Mídia Online em Agências de Publicidade e lá respirava internet. Se especializou no Google Analytics, Google Adwords e um belo dia resolveu mudar. Hoje é aspirante a Fotógrafa, blogueira nas horas vagas, mamãe dos gêmeos Edu e Théo e que vive a maternidade em tempo integral. É louca por moda, viagens, makeup e tudo que conspira a favor do universo feminino.

4 comentários em “Gêmeos – Devo vesti-los iguais?

  1. Oi eu tenho Duas meninas gemeas que Sao identicas apezar de eu acha-las bastante
    Diferentes nao so de personalidade mas fisicamente pois Ellen nasceu menor que Emily pesando 1.700 kg e Emily 1.895.Elas estao agora com 6 meses e a diferenca continua fisicamente!Concordo com a sua attitude!Eu visto Elas combinando mas porque ganhei muitas roupinhas no MEU Cha de Bebe combinando e MEU marido gosta e ele diz que Elas podem usar a mesma Roupa que sabemos quem Elas Sao!mas e como vc falou nao e legal no desenvolvimento da individualidade e indentidade!daqui Por diante vou vestilas diferente!

  2. Nique na verdade eu disse para a Aline Melo que meu nome é Ellen, porque ela disse que o nome de uma das gêmeas dela é Ellen! Mas muito obrigada por responder, seus gêmeos são lindos, só uma pergunta: o Edu é o loirinho e o Theo é o do cabelinho escuro? Bjsss!!

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s